Sociedade

Estudantes de São Paulo ocupam as ruas pelo passe livre.

Compartilhe isso:

Depois que a prefeitura de São Paulo fez cortes no passe livre estudantil, os estudantes foram às ruas para mais uma vez lutar contra a perda de direitos. Conquista das lutas de 2013 adiante, o passe livre possibilitava que o estudante fizesse 8 viagens ao longo de 24 horas, dando o direito a ele poder estudar, procurar emprego e ocupar os centros de cultura da cidade, porém, com o corte, agora só será possível fazer 4 viagens com um limite de duas horas.

O ato se concentrou no Largo da Batata, na zona oeste da cidade, seguiu pela Avenida Faria Lima sempre recebendo a intimidação de policiais militares. A manifestação foi encerrada no cruzamento com a Av. Cidade Jardim, próximo à estação da CPTM de mesmo nome, onde também ocorreu um catracaço.

Um novo ato está marcado para a próxima sexta-feira (11), no vão livre do MASP.

 

Compartilhe isso:

Comente

Comentários

Powered by Facebook Comments